[Resenha] Não Quero Perder Você - Por Marcelo Segala

    Em estilo de folhetim, o autor Sérgio Fragoso usa, sem abusar, de inúmeros clichês dramáticos.  Confesso que quando comecei a lê-lo fiquei com vontade de não parar mais, tamanha a clareza e o fascínio que o autor imprimiu nessa estória. Esse livro é precedido por outro chamado Onde Está Você, Meu Amor ?. Entretanto, Sérgio fala, com muito propriedade, que não é necessário lê-lo antes para compreender toda a trama desse segundo livro. E ele está completamente correto, pois não precisei de nenhuma informação relevante da estória anterior para entender todos os fatos que li.
    Ambientado nos Estados Unidos, esse livro se inicia com John e Louise muito felizes e casados após terem vivido um tórrido início de relacionamento na obra anterior onde ela era prostituta e ele um dos seus clientes, que acaba se apaixonando. Esse belo amor se transforma, nessa continuação, em um grande drama com a descoberta de uma inesperada doença de Louise. E essa fatalidade nos faz sofrer e torcer por eles continuamente. Aqui percebemos que o amor está além de preconceitos e que ressentimentos surgidos com outras pessoas na estória anterior podem se transformar de forma inesperada em belas demonstrações de compaixão. Tramas paralelos envolvendo a irmã de Louise e um ex-amigo de John são contadas de forma leve e extremamente carinhosa por Sérgio,  nos envolvendo de forma cativante em todo ambiente criado por ele.
Resumindo, se você quiser ler uma bela estória de amor e perdão, essa é a minha recomendação.