Sem Parar…


Tenho dificuldade para acreditar em destino, mas também me sinto tentado a crer que as coisas já estão escritas, e que nós caminhamos por um caminho já traçado. Não quero dizer que não temos liberdade, mas já está dito o que faremos com essa liberdade. Como quando dizemos a alguém “faz o que você quiser” mas a sabedoria e a experiência já sabem o que a pessoa vai fazer, mesmo que tenhamos dado a ela a possibilidade de fazer ou não.
Quero dizer que algumas coisas podem ser, e outras podem não ser, e tentar quebrar uma coisa inquebrável é mais do que burrice! Por isso alguns foram feitos para sonhar e não para alcançar. Alguns foram feitos para escrever lindas canções, outros para ouvir, alguns ainda para criticar e alguns foram feitos para observar, outros para tocar e até mesmo para beijar e aqueles que vão para sempre sonhar…
Faço parte dos que nasceram para sonhar… Sonho com o mar, com a música de um piano numa sala lotada ou ate mesmo na calmaria de uma praia vazia. Sonho com uma brisa sob a luz do luar e com uma mão de prontidão a me ajudar. Sonho palavras que nunca vou ouvir e com olhares que nunca vão me olhar… Sonho, sonho Sem Parar…