Resenha O Sobrinho do Mago do Autor C. S. Lewis por Nilton Alves

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018
Oi amigos,hoje trago para vocês a resenha do livro O Sobrinho do Mago, primeiro livro da Série As crônicas de Nárnia.

O Sobrinho do Mago é um livro do escritor britânico C. S. Lewis publicado originalmente em 1955 como parte da série As Crônicas de Nárnia. 

Apesar de ser o sexto livro a ser publicado, é o primeiro que deve ser lido seguindo a ordem cronológica da história, pois os fatos narrados nele precedem o primeiro livro publicado que foi O Leão, a feiticeira e o guarda-roupa.

Nele você vai descobrir a origem do guarda-roupa mágico que levava os irmãos Pevensi para Nárnia, quem era o misterioso professor Kirke, como Nárnia foi criada e qual a origem da feiticeira branca.

Neste livro conhecemos Digory Kirke, um garoto de doze anos e Polly Plummer, uma garota de onze anos que acabam virando cobaias do tio de Digory. 

Juntos as duas crianças vão parar no Bosque entre mundos através de anéis mágicos criados pelo tio de Digory. 

Lá encontram vários lagos que dão passagem para vários outros mundos. Um deles chamado Charn, onde a curiosidadede Digory acaba libertando Jadis, a feiticeira branca  e trazendo ela para a terra em sua viagem de volta para casa onde veremos várias confusões até eles viajarem de volta para o basque entre mundos. Só que dessa vez acabam chegando em Nárnia quando Nárnia ainda nem havia sido criada e a partir daí são testemunhas da criação de Nárnia....

Não vou falar mais pois não quero dar spoirls. Antes de ler as crônicas de Nárnia tenha em mente que se trata de uma livro escrito para crianças.

O livro tem uma narrativa em terceira pessoa, possui um texto direto, a leitura é  envolvente, leve e flui bem. Os personagens são bem desenvolvidos, cativam o leitor. 

A história traz váriosensinamentos e reflexões para o leitor.

A história é dividida em 15 capítulos curtos.
O livro trás algumas referências bíblicas do livro de Genesis, pois temas como criação, o pecado original,  a fruta proibida e tentação, ficam claros no enredo da história.

Quando Aslam menciona a Palavra Execrável que foi usada por Jadis para destruir seu Mundo Original, o autor faz críticas a Bomba Atômica.

Durante a leitura a sensação era que eu estava lá vendo tudo, vivendo cada aventura que os personagens iam tendo. Os capítulos de contam como Nárnia foi sendo criada são muitos lindos.

Recomendo a leitura desse livro para todos que gostam de fantasia não importa sua idade Nárnia sempre será uma boa dica de leitura.
 Dou 5 estrelas para esse livro.

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.