Resenha do Livro Pássaros Sem Canção de Jards Nobre

Oi, amigos!

O livro que vou resenhar hoje faz parte de um trabalho que vou fazer na faculdade. trata-se do Livro Pássaros Sem Canção, do autor Jards Nobre, publicado em 2013 pela Editora Corsário.

A história central se passa na zona rural do interior cearense, nas proximidades de Quixadá e de Banabuiú, no ano de 1984.

O livro é um romance regionalista, uma vez que aborda a vida no campo, a cultura e a sociedade rurais, além de retratar, na fala das personagens, a variedade linguística característica da zona rural cearense. Por conter muitos trechos que descrevem o sexo, violência e suicídio, o livro é contraindicado para menores de 18 anos.

Um dos protagonistas é Renato, um jovem que mora em Fortaleza com os tios e que, nas férias escolares, viaja para a fazenda de seus pais em Quixadá, no município de Banabuiú. Os pais de Renato querem que ele seja médico ou advogado e, em busca desse sonho, mandaram o garoto ainda muito novo para morar com os tios. Renato vivia apenas para os estudos, tornando-se um jovem triste, sozinho, sem amigos. Seus únicos dias de alegria eram em suas férias na fazenda com seus pais. 

"Eu me lembrei de nós dois... Pássaros Sem Canção... quando a gente se encontra no meio da mata, se sente livre, mas não pode cantar o amor que a gente tem aqui no peito..."

Mas, dessa vez, ele encontra na fazenda Adriano, o filho de um dos empregados de seu pai, e começa uma grande amizade com ele. Adriano tem a mesma idade de Renato, mas, ao contrário deste, é semianalfabeto, ingênuo e sonhador. Um dia, no meio da mata, eles fazem uma aposta em que o ganhador tinha direito a um pedido que não podia ser negado. Renato vence o desafio e pede um beijo a Adriano. A partir de então, após uma fase de conflito pessoal de Adriano, a amizade vira algo mais... a partir daí, eles vão vivendo esse amor proibido, fazendo novas descobertas em si, fazendo planos para o futuro mas pouco a pouco vai sendo revelado... até que o relacionamento proibido é descoberto por Júlia, mãe de Renato, que passa a colocar obstáculos para que ambos se encontrem. Os dramas vividos por personagens secundárias acabam por atingir os dois jovens, ocasionando uma grande tragédia.
Nesta história, o autor faz um retrato fiel da sociedade rural cearense do século XX, registrando tradições, crenças e expressões populares.

Pássaros Sem Canção é um livro que aborda diversos temas além da homossexualidade, como: a descoberta do sexo, a loucura, o estupro, a violência, o racismo, a falta de liberdade etc.

O autor soube muito bem desenvolver a história e as personagens. O texto é direto. A narrativa é em terceira pessoa.
O livro possui 250 páginas amarelas amareladas e é dividido em 15 capítulos. Tem também uma boa diagramação. 
Eu gostei da história. 

Narrativa envolvente e de fácil absorção.
É linda e triste. Chorei muito lendo...  Um final surpreendente, mas que eu gostaria de que fosse de outro jeito. Kkkk Vou passar uns dias para me recuperar...

Dou 5 estrelas e super-recomendo a leitura.
Agradeço a minha professora Evilma , que mim me emprestou o livro.

Um pouco sobre o Autor:

Jards Nobre é professor de escola pública e escritor, autor de "Curral de pedras" - romance (2009),
"Pássaros sem canção" - romance (2013) e "Mata branca" - contos (2016).
Suas obras são regionalistas (retratando o sertão nordestino, porém sem focar na bastante abordada temática da seca), neonaturalistas e neorrealistas;
seus temas recorrentes são os conflitos decorrentes das imposições sociais, os amores complicados, a descoberta da sexualidade, o machismo e a cultura sertaneja.

Atualmente, cursa Doutorado em Linguística na Universidade Federal do Ceará e, por isso, mora em Fortaleza.

Desenhista e professor, escreve romances desde a adolescência.
Postar um comentário