Resenha O Império Subterrâneo de Rafaela S. Polanczyk por Nilton Alves

segunda-feira, 7 de maio de 2018
Olá amigos, a resenha de hoje é do livro O Império Subterrâneo da autora Rafaela S. Polanczyk publicado pela 3i Editora em 2015.

Esse é o segundo livro da autora e também a continuação de O Rei Perdido.

Depois da rigorosa missão contra o ditador Lorde Perversus, Layla se vê novamente com mais problemas. Quando tudo parecia ter se resolvido e a vida estava de volta à normalidade, o novo rei, Raul, some misteriosamente sem deixar qualquer resquício.

A jovem terá que passar novamente por muitos momentos de dificuldades, lutando para encontrar o amigo, mas também para não perder seus princípios diante do Conselho de Jolebon, que passa a ser mais uma barreira para alcançar seu objetivo.

Layla é uma guerreira que fará de tudo para salvar seu grande amor e contará não só com a ajuda de seus amigos mas também de alguns deuses.

Apesar das adversidades, Layla, junto aos seus companheiros, partem em uma jornada desgastante em busca de Raul, enfrentando novos mistérios e antigos segredos; segredos inimagináveis sobre Jolebon.

O livro é narrado em primeira pessoa, vemos tudo pelo ponto de vista da Layla.

O livro possui 336 páginas e é dividido em 30 capítulos curtos. 

O texto é direto e da para ver que a escrita da autora evoluiu muito do primeiro para o segundo livro.

os personagens foram muito bem desenvolvidos e a autora conseguiu preencher algumas lacunas que ficaram na história do primeiro livro, nos  mostrando mais sobre os Deuses e do passado dos personagens principais. Cheio de reviravoltas e com um final que ja nos deixa querendo mais a autora ja deixa o leitor com vontade de ler o terceiro livro que será lançado em breve.

Gostaria de agradecer a autora pela ótima leitura que tive e dizer que estou louco para ver o desfecho dessa linda história.

Dou 5 estrelas para a obra e super recomendado para todos que gostam de um bom livro de fantasia.

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.